Professor Barros

7 03 2011

Ainda na infância, papai nos colocou para aprender natação. Foi uma época muito boa, íamos bem cedo para a ginástica (obrigatória), onde utilizávamos bastões (roliço, de madeira, como um cabo de vassoura) pintados de branco e vermelho. Os exercícios em pé e no solo, todos ao mesmo tempo, ainda estão nítidos em minha lembrança, assim como a lembrança do professor Barros.
Era miúdo, forte e bem moreno. Um grande homem e excelente professor.

Annunci




Os galinhos garnizé

10 01 2010

Eu criava galinhas e optei pela raça garnizé. Eram pequenos e coloridos e os machos brigavam entre si, eram impertinentes, abusados e valentes. Gostava deles. Tudo começou com a chocadeira construída para tomar um vazio que deixou a perda de um filho.

E ovos foram chocados. Gansos, codornas e garnizés. Começou ali, no quintal, e foi até a Serra. Era uma farra e uma festa para nós e nossos filhos. E todos me pediam um exemplar e vez ou outra levava alguns para irem trabalhar comigo onde seriam levados para uma nova residência.

Me veio à memória.





O mar quis nos tragar

18 12 2009

Tenho a impressão de já ter contado esta história, mas como não a encontrei vou contá-la de novo!!!!! Quando criança aprendíamos natação em um Clube, e achávamos que sabíamos nadar demais, e nadávamos; isto nos fazia sermos um pouco atrevidos no mar,  …, estávamos com o papai!!!!!!!!!!!

A praia da Barra, nesta época, fazia muitos bancos de areia PAUSA acredito que ainda ocorra este fenômeno PAUSA e íamos andando no ‘raso’  em longas distâncias da areia … e foi em uma dessas, quando estavamos bem distantes que o banco de areia começou a sumir embaixo de nossos pés.

Papai sempre foi um homem forte e ali a força dele aumentou, pois me agarrou por um braço, chegando a me levantar da água e em impulso me jogou a frente e falou gritando: – NADE, NADE E NÃO PARE, NADEEEEE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! E eu nadei como nunca. Papai não conseguiu fazer o mesmo com meus irmãos. Optou por me ver salva.

Chegamos ambos à areia, e lá iam os meus irmãos e mais um montão de gente levados pela correnteza e papai me deixando com a mamãe disse que esperássemos e seguia meus irmãos pela areia, gritando instruções a todo o tempo para eles … de repente já não víamos nem papai, nem os meninos, …

Demorou tanto tempo  sem notícias, mas Jesus é muito bom, pois ao longe avistamos os três!!!! Papai e os meninos e por eles soubemos que ninguém sofreu afogamento. Graças a Deus.





Levando as crianças a piscina

7 08 2009

Eram pequenos, um deles bebe ainda. Em um Clube uma das piscinas, a média, era usada para aulas de natação de três fases de idade infantil: bebe, crianças de boinha, e já largando a boinha. Bom as primeiras turmas estavam meus filhos, um em cada. Meus olhos eram todos dos meus filhos. Minha atenção toda para eles. Calada. Compenetrada. Aos outros soberba e mal-educada …

O menor chorava e o outro serelepe em toda piscina nadava e desatenta a professora não percebeu que o menino da outra turma se aproximava. Então o imprevisível!!!! Turma mais adiantada a professora começa retirando as boinhas e vem cá menino! Era meu filho! Tirando-lhe as boinhas pimba para dentro d’água. Imediatamente pulei a cerca e da piscina meu filho tirei, aproveitei o ensejo e minha filha também para casa levei.





quando a oncinha dormiu na varanda lá de casa

21 07 2009

jaguatirica Pictures, Images and Photos

Éramos crianças, na faixa dos 9 à 11 anos, quando papai comprou um pequeno sítio. Nas montanhas, com mata exuberante e animais raros (hoje) viviam sossegados em seu habitat. Era só a nossa casa com uma estrada de barro principal e muitas picadas que atravessavam a mata e nos levavam a diversas aventuras.

Era comum fazermos churrasco e o cheiro ficava no ar.

Em frente a casa uma varanda que uma grande porta de vidro fazia as vezes de janela e de lá vigiávamos na noite os vultos imaginários ou não que ali apareciam. E foi assim, uma noite, após um churrasco, se aninhou na varanda da casa um pequena jaguatirica.

Ela nos fez companhia bastante tempo …





O aparelho de dentes!

3 05 2009

Cachorro com aparelho Pictures, Images and Photos

Precisamos, eu e meus irmãos, e usamos aparelhos nos dentes. Éramos pequenos e o aparelho dos dentes, móvel. De vez enquando perdíamos os aparelhos e foi em  uma dessas que meu irmão perdeu o dele e estávamos na casa da vovó. Em um mutirão, todos procurávamos quando alguém viu um dos cachorros com o aparelho!!!!!!!!!!!!!!!!!- PAUSA – Na casa de minha avó havia pelo menos uns dez cachorros – FIM DA PAUSA – Literalmente o aparelho estava na boca do cachorro.





Quando o chão fugiu eu caí

23 03 2009

Subi no parapeito da janela para consertá-la, uma das mãos segurava a janela, com a outra tentava prender um dos painéis, que faz a vez de cortina, no seu trilho … estava difícil prender no gancho, quando!!!!!!!!quando!!!!!!! gente foi quando sumiu o chão, e só me restou cair.
O roxo como lesão, no braço apenas. Jesus é Maravilhoso me livrou de coisa mais séria.
cimg1341